Notícias

A Jeep não tinha novidades para apresentar no Salão 30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, então para tentar chamar a atenção do público optou por mostrar em seu estande um Compass Limited preto tendo sua carroceria riscada. O que normalmente é visto como vandalismo na verdade foi uma ação artística feita por um tatuador profissional.Fabio Pimentel, autor da obram, usou uma microrretífica para gravar na “pele” do SUV mais vendido para locadoras do Brasil as curvas que havia desenhado antes com uma caneta, à mão livre. A partir de agora, esse Jeep Compass com pintura riscada será exibido como grande novidade em eventos nos quais a marca vai participar.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A JAC Motors do Brasil lança no mercado nacional a nova geração do SUV JAC T5, denominado JAC T50, cujas primeiras unidades começarão a ser entregues aos consumidores em novembro.O modelo vem equipado com motor 1.6 16V DVVT de 138 cv e transmissão automática tipo CVT (continuamente variável). O preço do T40 CVT começa em R$ 83.990 reais, buscando competir no segmento abaixo de R$ 90 mil.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A atual geração do Volkswagen Golf já está no mercado há mais de seis anos, será sucedida pela 8º geração em menos de um ano, mas continua sendo o referencial da categoria de hatchs médio, que o seu preço premium sobre os rivais.Não há dúvida de que o Volkswagen Golf ganhou seu lugar como referência em termos de hatchback familiar. Mais de 43 anos e sete gerações depois, é um dos pilares do setor, e o modelo mais recente é mais completo do que nunca.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


Com o título de "Os 12 carros mais vendidos do Brasil que ninguém conhece", a revista alemã Auto Motor und Sport comentou (veja aqui) sobre o exotismo dos modelos mais vendidos do Brasil: "Chevrolet Onix? Nunca ouvi falar. Fiat Strada? O que é isso? Renault Kwid? Hã?. Eles pertencem a segmentos que parecem bastante repugnantes para nós."A reportagem inicia com os clichês usados pelos europeus para referir o Brasil: "Colorido, alegre, e pessoas com belas formas", mas aponta que isso pode ser aplicar às pessoas. Para os carros, a paisagem é de "carros com cores predominantemente entre preto e branco, com diferentes tons de cinza", e "dificilmente se vê carros coloridos".Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A edição de novembro da revista Quatro Rodas traz uma reportagem sobre o pós venda da Volkswagen do Brasil, feita com base em revisão do VW Virtus do teste de longa duração da tradicional publicação automotiva da Abril.Com o título de "Padrão Japonês", a Quatro Rodas afirma que a revisão do Virtus "surpreende pela qualidade", e que se mostrou "perfeita, como Toyota ou Honda", do agendamento à retirada do carro.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Toyota mostrou a nova geração do Corolla na última sexta feira em eventos simultâneos na China e nos EUA, revelando a 12ª geração do sedã em três configurações estéticas: uma para o mercado americano, uma para a Europa/Brasil e também China, e o Levin, que é exclusivo do mercado chinês. Neste artigo relacionamos as diferenças entre o Corolla (prata) e o Levin (vermelho), para a China.Como outras grandes marcas estrangeiras na China, a Toyota tem duas joint ventures locais - GAC Toyota e FAW Toyota - e cada uma tem sua própria versão do Corolla. O GAC Toyota é chamado de Levin e, assim como o modelo atual que está saindo de linha, o novo Levin é mais esportivo em comparação com a versão da FAW Toyota, que é simplesmente chamada Corolla. A aparência do primeiro vai bem com seu nome mais evocativo.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Fiat Chrysler do Brasil apresenta no 30º Salão Internacional do Automóvel a nova geração Jeep Wrangler, tradicional veículo com capacidade off-road, que nesta nova iteração faz maior uso de alumínio na carroceria, conta com uma cabine atualizada e adota um conjunto mecânico novo. O design foi reformulado, sem perder a identidade.O Novo Wrangler conta com o motor 2.0 turbo, com injeção direta de gasolina, que rende 272 cv e 40,8 kgfm. Combinado a ele está um câmbio automático de oito marchas e a tração 4x4 com reduzida. Pela primeira vez na história do Jeep Wrangler, há uma caixa de transferência de duas velocidades com opção de tração integral permanente.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Ford ressuscitou a marca "Vignale" desde 2015 para identificar seus modelos mais sofisticados de sua gama na Europa, posicionando-os acima das versões Titanium - ambicionando competir com modelos premium como VW Golf, Audi A3, BMW Série 1 e Mercedes-Benz Classe A. O Focus Vignale é o mais novo exemplar desta divisão, que começa a ser vendido na Europa nas próximas semanas com preços equivalente a R$ 124 mil reais para o 1.0 EcoBoost, e R$ 138 mil para o 1.5 Turbo Automático. Os preços do Focus Vignale são o equivalente a R$ 13 mil reais acima da versão Titanium X, mas oferece aos compradores um pouco mais de tudo. Um pouco mais de luxo e um pouco mais de itens de série. Há ainda uma novidade mecânica, já que o Focus Vignale é o primeiro a estrear o novo motor EcoBoost 1.5 Turbo de 180 cv (acréscimo de 30 cv sobre o anterior) e 240 Nm de torque, associado com transmissão automática de 8 marchas.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Toyota apresentou na última sexta-feira a 12ª geração do seu modelo de maior sucesso, o Corolla em configuração sedã. Ocorreram dois eventos simultâneos de apresentação na China e na Califórnia, nos quais foram mostradas três variações estéticas para a dianteira, especificas para os mercados americano, japonês e chinês. A questão remanescente é saber qual dessas três estéticas será aplicado ao modelo brasileiro, e também na questão mecânica.O Novo Corolla será vendido nos EUA e China ainda em 2019, enquanto no Brasil espera-se o lançamento no primeiro semestre de 2020, com um visual similar ao que foi apresentado para a versão híbrida para o mercado chinês.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


Com mais de 46 milhões de Toyota Corollas vendidos no mundo desde a sua introdução em 1966, seria difícil encontrar um motorista que não conheceu esse nome de carro. Muitos, no entanto, estarão fazendo apostas duplas quando virem o sedã Toyota Corolla 2020 re-imaginado e reconfigurado. Neste artigo mostramos a versão americana.A 12ª geração do Toyota Corolla chegou em dois capítulos: o novo hatchback Corolla chegou no início deste ano e agora vem o atual estilo de carroceria Corolla, o sedã. Ambos são baseados na Nova Arquitetura Global da Toyota (TNGA, na sigla em inglês), que é muito mais do que uma nova estrutura corporal, reunindo novas abordagens para engenharia, design, montagem e materiais.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


O Volkswagen Tharu, um SUV de porte intermediário, concorrente do Jeep Compass, já está à venda na China desde o início deste segundo semestre de 2018, e tem estréia programada para o mercado sul-americano e brasileiro para 2020. Por aqui adotará o nome Tarek, e será produzido na Argentina.Esse modelo, assim como muitos modelos populares da Volkswagen, agora têm um pacote “esportivo” R-Line. A estréia da nova versão foi realizada na véspera do salão do automóvel em Guangzhou.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A BMW apresenta a versão híbrida da nova geração do sedã BMW Série 3 - o BMW 330e, o qual ganha um sistema plug-in híbrido. O powertrain BMW eDrive combina um motor a gasolina de 4 cilindros com um sistema elétrico para oferecer torque adicional.O modelo traz pela primeira vez o sistema XtraBoost que aumenta temporariamente a potência do sistema de acionamento híbrido de 252 cv com uma adição de 41 cv. Em relação à autonomia elétrica, o novo BMW 330e registra um ganho de 50% em relação ao modelo anterior, modelo rodar até 60 quilômetros em modo exclusivamente elétrico.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


O Volkswagen Voyage, um maduro e confiável sedã compacto brasileiro, recebeu em julho deste ano a desejada transmissão automática de seis marchas AISIN, a qual equipa, entre outros modelos, Jetta e Golf. No âmbito do lançamento publicamos nossas impressões ao dirigir, assim como dados de consumo e desempenho. Neste artigo relacionamos nossas impressões ao longo de uma semana de uso.O Voyage Automático é um dos sedãs com transmissão automática mais acessíveis do mercado brasileiro, precificado, em novembro de 2018, em R$ 59.990 reais. Entretanto, apesar do preço competitivo, o sedã de acesso da Volkswagen é dono de um surpreendente e refinado conjunto mecânico, formado por um moderno motor quatro cilindros EA-211 1.6 16V confeccionado em alumínio, associado a uma das melhores caixas de transmissão automática TipTronic de seis marchas do mundo - o ASIN AQ-250, usada no Jetta e Golf.Logo nos primeiros metros à bordo do Voyage 2019 Automático sente-se as características que fazem dele um sedã de estirpe alemã: direção precisa, solidez estrutural e suspensão com excelente ótimo compromisso entre conforto (maciez) e comportamento dinâmico (firmeza).O resultado é que este sedã automático de acesso é um modelo extremamente prazeroso de dirigir em qualquer situação (cidade/rodovia), situando-se bem acima de seus concorrentes (Toyota Etios, Ford Ka e Chevrolet Prisma) neste aspecto.O câmbio automático AISIN é extremamente suave e silencioso - praticamente não se percebem as trocas. Em Drive, observa-se que ele adota um ajuste que procura antecipar as trocas e tornar a condução mais eficiente (com menor consumo) e confortável. Mas quem deseja mais esportividade, há o modo Sport, que faz o Voyage esticar as marchas antes de realizar a troca.Entre os concorrentes, este câmbio do Voyage é o único que traz o desacoplamento do conversor de torque acima da 3ª marcha (o que explica o excepcional resultado de consumo em rodovia) e também o neutro automático em paradas temporárias (que também auxilia em consumo, e evita a sensação de que o carro está sendo empurrado quando parado - típico de modelos automáticos menos refinados).A direção tem assistência hidráulica (não é elétrica), mas oferece conforto em manobras urbanas, e segurança em rodovia pela progressividade da assistência (que oscila inversamente proporcional à velocidade).Some-se a isso a suspensão absolutamente ajustada à realidade das vias brasileiras, que faz este sedã enfrentar buracos, crateras, valetas e todo o tipo de desafios urbanos com extrema competência - é praticamente impossível raspar a parte inferior do carro; e mesmo quando se entra em buracos e crateras, a suspensão absorve com absoluta tranquilidade, como se estivesse circulando em uma Autobahn alemã. Neste aspecto fica evidente o know-how adquirido pela engenharia da VW Brasil ao longo de mais de 10 anos deste carro no mercado.A posição de dirigir é justa e perfeita. O volante tem excelente pega e o Voyage é surpreendentemente silencioso internamente. O carro que testamos estava com quase 8.000 Km rodados (nas mãos de diversos jornalistas), e não havia sequer vestígios ou indícios de ruídos de peças de acabamento soltas. Zero.O som do motor é bem reduzido na cabine - evidenciando um bom isolamento acústico - e mesmo o que chega é suave e encorpado, sugerindo um refinamento mecânico que não se espera em um carro desse preço. Ficaria ainda melhor se houvesse um descansa braço central para o motorista, e um piloto automático (que poderia ser opcional). O Voyage Automático não oferece sistemas ativos de segurança, como controle de estabilidade e tração - aspecto debitado à maturidade do projeto. Nesse campo ele conta com o obrigatório ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), mas sedã é muito bom de curva, e mesmo em tocadas mais animadas, os freios demoram muito a apresentar indícios de fading - o que amplia ainda mais a sensação de segurança e também o prazer ao dirigir.O Voyage Automático é tão agradável de ser conduzido, que ele vai conquistando o motorista cada vez mais ao longo do uso. Se no primeiro contato ele impressiona pela solidez de construção, ao longo de um uso mais prolongado, o que se destaca mesmo é o prazer de dirigir e o refinamento constritivo e mecânico, absolutamente inusual nessa faixa de preço. Nós já andamos em Ford Ka 1.5 Automático, Etios 1.5 Automático e Prisma 1.4 Automático, e nenhum desses concorrentes chega perto deste Voyage 1.6 MSI Automático em matéria de prazer ao conduzir, solidez estrutural e refinamento de passeio.Em termos de design, o Voyage ainda agrada. Sim, ele está no mercado há cerca de dez anos, período no qual recebeu dois facelits, mas mesmo assim ele ainda se mantém atual - o que é creditado na conta da sobriedade das linhas e na funcionalidade do design.O interior foi atualizado em 2016 e traz um visual modernizado. Entre os equipamentos desta versão, temos volante revestido em couro com comandos multifuncionais, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas, retrovisores elétricos - com tild down, travas elétricas, sensor de estacionamento traseiro, faróis com projetores, faróis de neblina, alarme, chave de telecomando, rodas de liga-leve entre outros.No console central destaca-se a central de informação e entretenimento com tela de 8 polegadas, de funcionamento rápido e capacidade de espelhamento de tela via Android Auto e Apple CarPlay - tonando-se, desta forma, muito funcional.ConcorrentesO Voyage é um veterano no mercado, mas como ele se comporta frente a seus concorrentes Etios, Prisma e Ford Ka? Para responder isso, recorremos aos números do teste comparativo da Revista Quatro Rodas, com os números alocados na tabela abaixo (com grifo azul no melhor resultado, e vermelho no pior).Teste 4RodasVoyage 1.6 AutomáticoKa Sedan 1.5 AutomáticoEtios 1.5 AutomáticoPrisma 1.4 Automático0 a 100 Km/h [s]12,611,212,613,660 a 100 Km/h [s]76,677,780 a 120 km/h [s]8,68,610,310,5Frenagem 120 Km/h a 0 [m]58,459,962,369,4Consumo urbano (g)12,711,811,812,3Consumo rodoviário (g)17,815,61515Porta-malas480445562500PreçoR$59.900R$59.900R$59.290R$60.590Como se pode observar, o Voyage 1.6 MSI Automático é competente em desempenho, ficando em segundo lugar no ranking geral, mas no quesito consumo ele é imbatível, sendo 14 % melhor que o Ka 1.5 automático (o segundo melhor) em estrada, e 7% melhor em cidade. Quando comparado do Prisma 1.4 Automático, a superioridade do Voyage é ainda mais pronunciada, já que o VW é 1 segundo mais rápido na aceleração de 0 a 100 Km/h, e mesmo assim quase 19% mais econômico em estrada. Outro ponto que o Voyage 1.6 MSI se destaca é nas retomadas de velocidade - liderando o ranking junto com o Ka, e em frenagens, onde ele se mostrou bem superior aos demais, com percurso de imobilização bem menores que seus concorrentes.ConclusãoO VW Voyage 1.6 MSI Automático é um sedã maduro, confiável, com preço muito competitivo, mas que surpreende pelo refinamento do conjunto mecânico, baixo consumo de combustível e prazer ao conduzir. Abaixo de R$ 60 mil reais o mercado brasileiro de carros 0KM não oferece nada melhor que ele.http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Chevrolet apresenta na China no Guangzhou Motor Show a nova geração do Monza, um sedã de médio porte, em versão RS, com um design dinâmico que herda o DNA esportivo da marca e reflete a tendência estética para atender às preferências dos compradores de carros mais jovens.A imagem inicial divulgada aproveita o design clássico de uma grade em colmeia, com uma interpretação inovadora da grande abertura e um proeminente logotipo RS. O acabamento cromado preto em forma de asa na frente do carro, suscita um carro esportivo. A linha de capô evoca carros de alto desempenho da Chevrolet.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Toyota apresenta o novo Corolla sedã na Exposição Internacional de Automóveis de Guangzhou na China. O modelo será vendido em mais de 150 países e regiões a partir de 2019;.Os novos modelos oferecem aprimorado desempenho básico alcançado pela plataforma GA-C, e incluem o modelo esportivo, mais potente, e um modelo Prestige ostentando um design exterior que produz uma aparência marcante e sofisticada.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A Peugeot do Brasil anuncia que a partir de amanhã, 15/11, e até o próximo dia 23, oferecerá PEUGEOT 208 1.2 Active Mecânico e o SUV PEUGEOT 2008 1.6 Allure Automático com preços e condições especiais. No caso do Peugeot 208, a versão 1.2 Active Mecânica está sendo oferecida com desconto de R$ 3 mil, ou seja, de R$ 55.990,00 sai a partir de R$ 52.990,00, com entrada de 60% do valor, mais 30 parcelas financiadas com taxa 0%.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


As primeiras imagens do Toyota Corolla 2020 será lançado oficialmente amanhã, mas imagens do modelo são divulgadas em antecipação.O motor deve ter cerca de 170 cv, em um quatro cilindros 2.0L, o que não é nada impressionante, mas o tornará mais potente que o seu antecessor, que, no Brasil, tem 150 cv.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A BMW apresenta nos EUA as versões M340i e M340i XDrive da 7ª geração BMW Série 3, com motor de 388 cv e 500 Nm, diferencial de deslizamento limitado padrão M Sport. Os dois modelos serão apresentados ao público no LA Auto Show em novembro de 2018.O BMW M340i e M340i xDrive são os topo de gama da sétima geração do BMW Série 3, e contam com um motor de seis cilindros em linha a gasolina atualizado, ajuste M Performance do chassis, tração integral inteligente xDrive opcional e o diferencial traseiro standard M Sport.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


Em setembro deste ano a Volkswagen anunciou o fim de linha para o Fusca com a versão Final Edition, e agora divulga imagens adicionais do modelo.O Beetle Final Editon chega como linha 2019, e será o último da série desde o seu retorno triunfante. Será a segunda vez que o cupê alemão sairá do mercado.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br


A montadora alemã de carros ultra-premium Porsche realiza testes de avaliação em diversos pontos do globo.O programa da nova geração do mítico modelo cupê - que é o carro esporte mais vendido do mundo - contempla avaliação entre as zonas climáticas com diferenças de temperatura de até 85 graus Celsius.Continuar lendo »http://www.car.blog.br

Fonte: car.blog.br